Please…

Stand By

Esta entrada foi publicada em Carpintaria. ligação permanente.

4 respostas a Please…

  1. Caro Ricardo. Queria transmitir-lhe uma palavra de incentivo, e que o meu caro nunca desanime. Também queria pedir-lhe que poste por aqui os seus trabalhos e os seus conselhos. Cumprimentos. José Mota

  2. paulo jorge diz:

    Pesquisando na WEB qual a máquina de recortes a comprar ( Scroll Saw) e constatando que não é uma coisa fácil pois existem alguns modelos ( uns caros e outros mais acessíveis) que não facilitam a escolha. Com efeito existem Dremel, De Walt e Proxxon ( só no e-bay) e Einhell, era sobre esta marca que, dado o preço e aparente qualidade ( tenho outros aparelhos que são robustos) fiquei na dúvida sobre a qualidade da mesma pelo seu relato. Na verdade a Einhell tem esse problema de descontinuar rapidamente os produtos e ficarmos dependentes da Alemanha. Alguns acessórios de outras marcas são compatíveis, mas já quanto a peças ou baterias….
    Sobre o seu Blog, achei-o verdadeiramente original e genuíno e não conheço outro do género em Portugal.
    Apesar de gostar de carpintaria desde pequeno ( recordo-me que fiz eu próprio por volta dos 12 anos uma mesa de carpinteiro, o meu primeiro maço de madeira e um formão e ainda uma serra de rodear com armação de madeira) só há cerca de 2 anos recomecei a fazer alguns trabalhos.
    Espero que continue a divulgar o seu trabalho e que aspirantes ou aprendizes ( como eu) possamos “beber” algum do seu conhecimento.
    Obrigado

    Paulo Jorge

    • Muito obrigado pelo seu comentário Paulo. Peço desculpas pelo atraso na resposta.
      Como em tudo na vida, se queremos qualidade devemos pagar um preço justo. Não podemos comprar uma ferramenta barata e esperar que tenha a mesma duração ou qualidade de outra a preço dito “normal”.
      Naturalmente o uso que damos à ferramenta, o cuidado que lhe prestamos, a manutenção, etc, tudo acaba por contar. Como qualquer um, gostaria de poder comprar ferramentas de uma marca reconhecida… mas já que não posso, tento investigar e comprar qualquer coisa no meio termo.
      Umas ferramentas que me tem surpreendido muito pela positiva são as vendidas no Lidl, com a marca Parkside. Sei que não são topo de gama e que os preços são mais baixos do que é normal, mas resolvi experimentar. Até agora, nenhuma das ferramentas eletricas que comprei por lá falharam ou avariaram, algumas com trabalhos bastante intensivos. Não sei se por casualidade ou porque realmente passam por controlos de qualidade Alemães… A Einhell é Alemã é está farta de me deixar em maus lençois😦
      Bom bom, era haver ferramentas portuguesas de boa qualidade a preços equilibrados e que dessem boa assistência. E que nos tratassem como pessoas sérias, não como bricoleiros ou intrusos no meio. Estão a deixar passar um mercado em crescimento, enquanto em outros países se estão a aproveitar da situação para fazer renascer as artes.

      Tudo de bom para si e continue a aparecer por cá.

      Um grande abraço;

      Ricardo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s